conteúdo de: tititi

Os bastidores da separação de Sthefany Brito e Alexandre Pato

publicado 12/05/2010 - Raquel Borges

compartilhe
Destaque da Matéria

E a novela da separação de Alexandre 
Pato e Sthefany Brito continua...
Foto: AgNews

O que era doce se acabou... O casamento de princesa de Sthefany Brito com o jogador de futebol Alexandre Pato chegou ao final de forma conturbada e a separação não está sendo nada amigável. Pato entrou com um pedido de separação litigiosa, no dia 29 de abril, na 9a Vara da Família no Rio de Janeiro. Esse tipo de ação ocorre quando um dos dois não aceitou a separação ou não se chegou a um acordo sobre os direitos na partilha dos bens. Neste caso, Sthefany não quis assinar. 

Segundo um amigo da atriz, que preferiu não se identificar, o motivo dos conflitos não é de hoje e tudo começou quando a estrela deixou a TV para agradar o marido. "Ela fez a vontade dele e não aceitou mais convites para atuar em novelas. E depois, quando Pato começou a sair para as baladas com amigos de clube, como Ronaldo Gaúcho, ela se arrependeu." 

Ainda de acordo com esse amigo de Sthefany, a crise entre eles já existiria desde fevereiro. O atleta teria sido supostamente até agressivo com a esposa e chegado ao apartamento onde viviam em Milão, na Itália, batendo portas e quebrando poucos objetos. Pato estaria assim porque na ocasião não foi convocado para um amistoso da Seleção Brasileira, explicou a fonte de TITITI. "Eles brigavam muito por falta de maturidade", completou. 

O advogado Ricardo Brajterman, que representa a atriz no processo de separação, confirmou nossa fonte ao dizer na imprensa que os problemas do casal começaram em fevereiro quando Pato sofreu uma lesão muscular que o colocou no banco do seu time, Milan, e mudou totalmente de comportamento. "Ele tirou tudo dela: cortou cartão de crédito, deixou de prover o lar e tirou até a internet que a atriz usava para falar com a família no Brasil. Ela ficou sozinha e jogada à própria sorte. O que precisa ficar claro é que Sthefany tinha uma carreira, um status profissional e abriu mão disso por causa de sua união com o atleta", finalizou. 

Mas, ao ser questionado sobre os direitos da estrela, o advogado preferiu não comentar mais nada, já que tudo corre em segredo de justiça. 

Algumas publicações italianas especularam sobre uma suposta traição da artista com um outro jogador. Mas para o defensor isso é um disparate. "É absolutamente leviana e absurda qualquer afirmativa que relacione o fim do casamento à intromissão da família de Sthefany ou de uma suposta traição dela. Estamos providenciando ajuizar ações para reparação de danos morais por causa dessas afirmações falsas." 

Já em Pato Branco (PR), terra natal do atacante, um amigo da família dele o defende. "Conheço o Alexandre desde criança e ele não é esse tipo de pessoa com comportamento agressivo", afirmou. TITITI entrou em contato com o irmão do jogador, Alecsandro Rodrigues da Silva, que preferiu não se pronunciar: "Não tenho nada a dizer sobre isso". 

Também tentamos falar com o advogado João Paulo de Lins e Silva, que entrou com o pedido litigioso de separação do jogador, mas ele não comentou o caso a pedido de seu cliente. Até o fechamento desta edição, dia 10/5, o casal continuava em Milão, porém pretendia retornar ao Brasil para acertar a papelada do fim do matrimônio. 

Dizem que Pato e Sthefany assinaram um pacto pré-nupcial prevendo que em caso de separação a atriz sairia com 15% do que construiu com o ex-marido. Especula-se que ela seja sócia do jogador na empresa pela qual Pato recebe pagamentos referentes a patrocínios e contratos publicitários, assim, eventualmente, a bela poderá ganhar milhares de euros com a separação. Xiii! 

Vale lembrar! 

Cerca de seis meses antes de subir ao altar, o casal já havia desistido do romance. Mas o fim da relação foi amigável e o afastamento partiu de Sthefany. Só durou, contudo, duas semanas, e em 7 de junho do mesmo ano (2009), os dois se casaram com festa luxuosa no hotel Copacabana Palace, na presença de vários artistas.